Casal encontra mais de 60 irregularidades em Piranhas e Dois Riachos

Em Dois Riachos foram flagrados pontos de furto de água para abastecimento de carros-pipa; responsáveis foram multados e alguns conduzidos à delegacia pela PM

Sessenta e cinco situações de irregularidades no consumo de água foram flagradas pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), durante fiscalizações realizadas no último fim de semana em Piranhas e Dois Riachos. Todas elas estavam comprometendo o abastecimento das duas cidades, prejudicando milhares de pessoas que possuem ligações regularizadas.

A operação em Piranhas foi executada pela Unidade de Negócio Sertão, da Companhia, com apoio da Polícia Militar, vinculada ao 9° Batalhão da PM, na quinta (11) e na sexta-feira (12). Os alvos foram, principalmente, hotéis, pousadas e grandes empreendimentos.

Foram encontradas ligações clandestinas, by pass (o chamado “gato”), hidrômetros furados, cavaletes violados e religações clandestinas, totalizando 22 irregularidades, as quais comprometiam o abastecimento do centro histórico de Piranhas. Todas essas situações foram desfeitas, os responsáveis foram multados e alguns conduzidos pela PM à delegacia.
Os técnicos da Unidade de Negócio Sertão também aproveitaram a ocasião para efetuar ações comerciais, entre elas implantação, substituição e remanejamento de hidrômetros, padronização de cavaletes, alteração de categoria de consumo e atualizações cadastrais.

Já em Dois Riachos, durante ação realizada no sábado (13), a Unidade de Negócio Bacia Leiteira da Casal e militares do 7° Batalhão da Polícia Militar encontraram 43 ligações clandestinas, cinco delas usadas para abastecer ilegalmente caminhões-pipa. Devido a esses furtos de água, toda a cidade estava com deficiência no fornecimento de água.

Ao fim da operação, com todas as irregularidades desfeitas e os responsáveis identificados para responder administrativa e penalmente pelos delitos, os técnicos da Companhia notaram uma melhoria considerável no abastecimento de Dois Riachos.

Também na região da Bacia Leiteira, ocorreu uma operação semelhante na sexta-feira (12) em Major Izidor e Cacimbinhas, com a participação da PM e da Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Alagoas (Arsal). Foram encontradas e desfeitas situações de furto de água em propriedades rurais, sítios e chácaras.

De acordo com a direção da Casal, essas operações vão continuar em todo o estado, pois visam à melhoria do abastecimento para pessoas que sofrem diretamente com o furto de água nas redes e adutoras.

ASCOM Casal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *