Loja em Maceió é investigada por injúria racial e homofobia contra três jovens

*Com informações: assessoria PC/AL

O delegado do 6ºDistrito Policial (6ºDP), Robervaldo Davino, instaurou inquérito para investigar uma denúncia de injúria racial e homofobia cometida contra três jovens em uma loja localizada no bairro de Cruz das Almas, em Maceió.

De acordo com as informações passadas pelo advogado das vítimas ao delegado, os jovens, sendo dois homens e uma mulher, foram abordados de forma ríspida e desrespeitosa pelo segurança da loja, chegando a serem acusados de furto. O grupo foi revistado no setor de carga e descarga do estabelecimento e tiveram as bolsas abertas. Nada foi encontrado.

“Instauramos o inquérito e todos os envolvidos serão chamados para prestar depoimento na unidade policial a fim de esclarecer o fato. O depoimento do gerente da empresa será nesta quinta-feira (11), e iremos solicitar as imagens do episódio” disse Robervaldo Davino.

O caso ocorreu no dia 14 de dezembro e o boletim de ocorrência foi registrado no dia 27 de janeiro, após as vítimas constituírem advogado, que ingressou com uma representação contra loja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *