Arthur Lira pode ser o 3° alagoano a presidir a Câmara dos Deputados

Deputado da base de Bolsonaro é o favorito a vencer a eleição

Envolto a muitas polêmicas o deputado Arthur Lira vem articulando há quase um ano sua candidatura e esse trabalho pode ser recompensado hoje na eleição desta noite.

Arthur Lira foi o responsável pela criação do Centrão – bloco independente de parlamentares que passou a dar as cartas nas decisões da casa.

Arthur Lira virou protagonista de decisões importantes de projetos complexos e sempre foi a linha de frente nas negociações do bloco.

Arthur César Pereira de Lira é deputado federal desde 2011. Filho do ex-senador Benedito de Lira, herdou do pai a habilidade política para transitar em Brasília. Se eleito hoje, Arthur Lira será o terceiro alagoano a presidir a Câmara dos Deputados, mas o primeiro eleito de forma direta e representando o estado de Alagoas.

O primeiro a sentar na cadeira foi José Thomaz Nonô, mas na condição de interino. Nonô presidiu a casa por 8 dias, substituindo o deputado Severino Cavalcanti do PP-PE que renunciou ao cargo após graves acusações de recebimento de propina. Nonô era o vice-presidente e assumiu a cadeira entre os dias 21 e 28 de Setembro de 2005.

O segundo Alagoano veio na sequência, Aldo Rebelo. O deputado foi eleito para substituir a chapa de Severino. O detalhe é que Aldo Rebelo, apesar de alagoano, era deputado federal eleito pelo estado de São Paulo.

Se vencer a disputa hoje, Arthur será o primeiro alagoano, eleito pelo Estado, a ser levado a presidência através do voto direto da casa.

Arthur é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro e sua condução é tida como fundamental pelo palácio, tanto para aprovação de projetos de interesse do governo, quanto para conter possíveis processos de impedimentos que se acumulam sem resposta do atual presidente Rodrigo Maia.

Além disso, Arthur Lira terá a missão de rearticular a base de Bolsonaro na Câmara que anda meio estremecida após decisões e posturas adotadas pelo planalto na condução política da pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *