Retrospecto CSA: o acesso ainda vive, mas o Azulão não depende só dele

O CSA chega a 38ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B somando 16 vitórias, 12 derrotas e 9 empates. O retrospecto deixou o Azulão na 5ª posição da tabela, com 57 pontos. O acesso ficou mais complicado após o empate em 1 a 1 contra o Brasil de Pelotas, no Rei Pelé, e a vitória do Juventude sobre o Figueirense, por 2 a 1, jogos da rodada passada. Com os resultados, o CSA, que dependia só dele, foi ultrapassado pelo Juventude e agora para conquistar o acesso precisa além do seu próprio resultado contra o Naútico, nos Aflitos, ficar de olho no jogo do time de Rio Grande do Sul.

Para conquistar a vaga no G-4 e, claro, a volta para a Série A do Brasileiro, o Azulão precisa de uma combinação de resultados. A derrota, claro, tira o sonho do acesso. Se empatar ou ganhar, o CSA precisa ficar atento ao resultado do Juventude e até a matemática dos critérios de desempate.

Imagem: assessoria

Se o CSA vencer o Naútico, precisa torcer pela derrota ou empate do Juventude. O Azulão tem 57 pontos, e uma vitória levaria o time a 60 pontos. O Juventude tem 58 pontos, se perder não soma e se empatar vai a 59 pontos. Neste cenário, a matemática garante o acesso alagoano.

Se empatar contra o Naútico, o CSA chega a 58 pontos e precisa torcer pela derrota do Juventude, que tem 58 pontos. Com o empate no número de pontos, o Azulão contaria com a matemática do critério de desempate. Os times estão com o mesmo número de vitórias, 16 no total, sendo este o primeiro critério de desempate. Por isso, o saldo de gols, segundo critério de desempate, pode definir o acesso. Neste critério o Azulão leva vantagem somando 4 gols a mais que o Juventude. Ou seja, se o CSA empatar e o Juventude perder e a vantagem azulina no saldo de gols se mantiver, o time alagoano volta a Série A.

Imagem: assessoria

Uma rodada de muita matemática e emoções, que o torcedor acompanha na Jornada Esportiva do Na Rede, com imagens ao vivo do Estádio dos Aflitos, um super pré-jogo, a transmissão narrada mais completa e irreverente, e um pós-jogo com muita análise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *