Covid-19: Coren de Alagoas já investiga vídeo sobre “suposta vacinação”

O caso ganhou repercussão nacional na última quinta-feira, dia 28. Uma profissional de enfermagem, que apesar de ter perfurado o braço de uma idosa, não injetou a vacina. Após tomar conhecimento do ocorrido, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL), Renné Costa, esteve com o secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro, e com o deputado estadual Davi Maia.


Na reunião discutiram a urgência de se iniciar uma apuração em conjunto.

A secretaria abrirá um processo administrativo e o Coren um processo ético disciplinar para investigar o caso e dar ampla defesa e contraditório a profissional. “Ainda não nos cabe julgar a profissional, precisamos entender o que aconteceu. A enfermagem sempre esteve na linha de frente dessa pandemia, não podemos apontar o dedo para o primeiro equivoco sem saber de todos os detalhes”, afirmou o presidente Renné Costa.


Durante a reunião também foram discutidas outras ações em prol da enfermagem de Maceió. Os conselheiros Esvaldo Silva e Maycon Correia, além do coordenador do Comitê de Valorização do Coren, Rildo Bezerra também acompanharam a reunião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *