Cinco homicídios são registrados em Maceió, Rio Largo e Arapiraca; entre as vítimas está um sargento da PM

A Polícia Militar registrou cinco homicídios nessa quinta-feira (28). Os crimes ocorreram em Maceió e nos municípios de Rio Largo, região metropolitana, e Arapiraca, no agreste. Entre as vítimas está um sargento da PM, que foi retirado de um micro-ônibus, espancado e morto a tiros.

O militar foi morto em um posto de combustíveis, no bairro Nova Esperança, em Arapiraca. O crime foi flagrado por câmeras de videomonitoramento. A vítima estava em um veículo intermunicipal, que fazia a linha Feira Grande, e teria parado no posto para abastecer. Um carro com quatro homens para próximo ao micro-ônibus. Segundo testemunhas informaram a polícia, houve uma discussão entre a vítima e o grupo. O militar estava dentro do transporte intermunicipal quando o grupo se aproxima, desce do carro e força o sargento a sair. O grupo agride o militar, que tenta reagir aos socos e chutes. Além da violência das agressões sofridas, o sargento também foi baleado. A arma utilizada na ação seria da própria vítima.

Veja o momento em que o sargento é retirado do veículo, agredido e baleado pelo grupo.

Outro homicídio foi registrado na zona rural de Arapiraca. Segundo as informações repassadas pela polícia, Vitor Wagner dos Santos Silva, foi atingido por quatro disparos de arma de fogo na região do pescoço. A vítima não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no local. A autoria do crime é desconhecida até o momento.

No Clima Bom, em Maceió, Jônata dos Santos Costa, de 18 anos, foi baleado 5 vezes. Os tiros atingiram o braço direito, cóccix e perna. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado, mas apenas constatou o óbito.

Um homem ainda não identificado, moreno e magro, que trajava bermuda jens e tinha várias tatuagens no peito, foi morto com sete tiros no município de Rio Largo, próximo ao aeroporto.

José Ricardo Gomes da Silva, de 31 anos, foi alvejado por dois disparos de arma de fogo no bairro de Bebedouro, em Maceió. Os tiros atingiram a cabeça da vítima, que morreu no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *