Ônibus excedeu limite de velocidade em batida que matou 42

Veículo estaria a 89 km/h, sendo que o limite na rodovia era de 80 km/h.

A investigação sobre o acidente que matou 42 pessoas em Taguaí, no interior de São Paulo, concluiu que o ônibus estava acima da velocidade permitida. Ele atingiu 89 km/h, sendo que o limite na rodovia era de 80 km/h. A informação foi confirmada pela Polícia Civil.

A tragédia aconteceu em 25 de novembro do ano passado. O ônibus estava no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, saiu da faixa e bateu com um caminhão que vinha na direção contrária. A colisão matou 41 pessoas que estavam no ônibus e também o motorista do caminhão.

O motorista do ônibus sobreviveu. Ele alega que o veículo estava com problemas e sofreu pane nos freios. A investigação inicial da Polícia Civil envolveu um empresa terceirizada, que calculou a velocidade do ônibus com um GPS.

Agora a Polícia Civil estima que será apresentado um laudo final da investigação em fevereiro. A empresa onde os passageiros do ônibus trabalhavam, Stattus Jeans, e também a responsável pelo deslocamento, Star Turismo, estão sendo investigadas, assim como o motorista.

One thought on “Ônibus excedeu limite de velocidade em batida que matou 42

  • 9 de fevereiro de 2021 em 05:44
    Permalink

    Hey, thanks for sharing I always look forward to reading your posts one of the few blogs I still follow!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *